O que você gostaria de saber sobre benefícios do chá: Catequinas!

Mah oe!!! Nós pedimos laáá no Facebook da Infusorina o que vocês gostariam de ler aqui no blog, vocês responderam e cá estamos! Inaugurando uma série de posts inspirados nos comentários. OBRIGADA! ♥ Nada como falar com quem quer ouvir e transmitir o que queremos receber, né?

Vamos lá:
Que o chá é uma bebida amplamente consumida, ♥ você já sabe! Mas será que sabe tudo, tudinho sobre o chá?

catequina
Matcha, fonte de catequina, na cerimônia Japonesa Chanoyu por Erika Kobayashi – imagem arquivo pessoal.

Não? Não se preocupe, a gente também não! 😀 Mas, o pouco que sabemos, vamos compartilhar com você nessa série linda sobre os benefícios do chá! Começando pela queridinha catequina (S).

Primeiro precisamos entender o que são!
A catequina é um fitonutriente de subclasse dos polifenóis (flavonóides). Inúmeros estudos demonstram que as mesmas estão presentes no metabolismo da Camellia sinensis – a planta do chá,  atuando como fonte de defesa da planta. Em resumo: as catequinas são fonte de saúde para a plantinha do chá e, de quebra, é uma das chaves de saúde para nós, que temos a honra de sorver uma xícara dessa bebida milenar e cheia de amor para dar.

Mas, não é só isso. Para que possamos compreender melhor, podemos ver abaixo o grupo de catequinas presentes na Camellia sinensis:


catequina
Imagem da internet.

Com isso, logo vem a pergunta: Catequinas, o que fazem, para que servem, como vivem em mim?

As mesmas estão presentes em até 8% nas folhas secas do chá, que varia muito dependendo do método de cultivo que essas plantas receberam. Mas como regra geral, a catequina está presente em maior parte no chá verde, ao contrário do que muitos pensam (a exemplo do chá preto), pois o chá preto passa em seu processo por um alto nível de oxidação, enquanto o chá verde, não, ou seja, as catequinas permanecem intactas em suas folhas. Sendo assim, as catequinas se concentram aproximadamente da seguinte forma: são 30% dos polifenóis de um chá verde e 11% dos polifenóis de um chá preto (xíc.).

Sua participação em uma xícara não necessariamente será despontada através da temperatura da água, e sim, pela qualidade (cultivar, conservação) do chá consumido. Mas, de qualquer forma, o chá verde lidera a fonte de catequina. ♥

Pois bem, aqui está: além de proteger a planta, elas são as maiores responsáveis pelo poder anticâncer do chá, que ajuda a previnir doenças cardiovasculares (junto com os taninos – falaremos em outro post), a pasmem: colaboram no retardamento do envelhecimento. São substâncias 100% mais eficazes que a vitamina C e 25% mais eficazes que a vitamina E.

Renata, qual blend da Infusorina tem maior concentração de catequina? Unânime: Amaranto.
E de nossas marcas representadas? Unânime: chá verde Amaya. ♥ 🙂
catequina
Coloque a catequina na sua vida e seja feliz! \o/

Um beijo com chá, Renata.

Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Catequina | Tea History, Terroirs and Varieties book.

 

Compartilhe
FacebookGoogle+TwitterEmailGoogle GmailPinterestLinkedIn

Dia Internacional Do Chá, Um Brinde, Um Movimento.

Hoje estamos aqui para falar de algo sério (não que tudo o que falamos anteriormente não fosse :D, mas vocês entenderammmm)

O DIA INTERNACIONAL DO CHÁ!

Você que é fã dessa bebida milenar, provavelmente ao longo dos dias verá posts e mais lindos posts falando sobre a data, fotos com chás maravilhosos, momentos únicos sendo compartilhados e celebrados. Não faremos diferente, pois hoje, dia 15 de dezembro é um dia para prestarmos uma atenção especial na xícara de chá que está em nossa frente, sendo comercializada com carinho, atenção, zelo; aquele que vem importado da Índia, China, Japão… Que vai exportado de Registro/SP, Brasil para o mundo afora.
Atenção especial para o que este dia representa.

IMG-20151017-WA0029
Flor da Camellia sinensis – fazenda Amaya 2016 (arquivo pessoal)

Assim como essa flor, tudo é lindo, mas nem sempre foi assim e ainda busca-se a beleza. O dia internacional do chá foi celebrado pela primeira vez em Nova Delhi, capital da Índia, um dos maiores produtores de chá do mundo, em 2005 depois de ter sido muito discutido durante do World Social Forum (Fórum Social Mundial) no ano de 2004. O movimento buscava chamar atenção dos governos, das organizações e principalmente da população, que por vezes – como nós mesmos bem sabemos – está alheia ao que acontece na origem dos produtos que consumimos, durante sua produção. Alcançar os direitos dos trabalhadores das plantações de chá, dos pequenos produtores e claro, dos consumidores, foi efetivamente a meta da data. E aqui estamos falando em condições humanas de trabalho, salários justos, valor final do produto e concorrência. Na sequencia, as edições comemorativas da data aconteceram no Sri Lanka (ou conhecido também, pela forma portuguesa: Ceilão) entre os anos de 2006 e 2008. Logo após, outros países aderiram o movimento, tais como: Bangladesh, Nepal, Vietnã, Indonésia, Quênia, Uganda, Malásia,Tanzânia (todos produtores), e além: Holanda, a Inglaterra, a França e a Alemanha também. ♥

Por isso, quando sorvemos de uma xícara de chá, assim quando nos deparamos com uma xícara de café brasileiro, colombiano, enfim, entre outros produtos, precisamos ter consciência de que foi preciso muito esforço para que o mesmo chegasse até nós. Claro que “hoje em dia” estamos em plena (será?) globalização, tudo funciona (será²?), o chá chega de avião, rapidinho, as colheitas são feitas mecanicamente (será³?). De qualquer forma, pense, repense, valorize o local, o pequeno produtor. Valorize o importador que possui certificados (sim, eles custam caro, mas garantem origem – sim, o chá final é mais caro, mas não tem ninguém lá do outro lado em más condições de trabalho), valorize aquele que conhece do que fala, aquele que busca conhecer. Valorize a sede de conhecimento, de gentileza, de reconhecimento. Valorize sua xícara de chá, sempre, e hoje ainda mais. 🙂

Feliz Dia Internacional Do Chá, para nós que, hoje, podemos aproveitar de cultura, história, qualidade, sabor e amor.

Um beijo e muito chá!
Renata Acácia.

11947640_305526302904288_2447270060141224614_n

Fontes: Wikipédia e chá calendar.pt

Compartilhe
FacebookGoogle+TwitterEmailGoogle GmailPinterestLinkedIn